sexta-feira, 25 de julho de 2008

Solidão...

Engraçado pensar que mesmo rodeada de tantas pessoas eu me sinto extremamente só há muito tempo... Desde que tu se foi, minha vida mudou completamente e eu me sinto totalmente desarmada, desinteressante e de uma certa forma, doente.
No msn um amigo meu me perguntou...
"- blz?
- normal e vc?
- não senti firmeza nesse normal......normal bem / ou normal poderia estar melhor?
- opção 2
- se quizer pode contar comigo.......te fizeram algo de ruim?
- não.. não fizeram nada...e esse eh bem o problema
- e o q eh?
- (L)
- talvez a pessoa em questão não seja boa o bastante para vc ou vc não deixou claro o suficiente para que ela "faça algo".
- na verdade não há ninguém para q eu deixe claro, não me interesso por ninguém
- então vc não pode reclarmar ué."
(Perdoem erros gramaticais... Mas é msn...)

Digo que sim... Eu posso reclamar! Não me interessar por ninguém é, infelizmente, uma faculdade mental involuntária muito além do meu controle... por conseguinte, posso reclamar conscientemente, já que isso não está no meu comando. Eu olho para as pessoas e não consigo me encantar de verdade... Quando me encanto... Só me dou mal.
Talvez seja por isso, uma auto proteção... Talvez seja medo... Só talvez, porque eu não sei... Talvez seja porque eu já conheci a pessoa mais próxima do que é perfeito. Talvez seja porque eu deva ser freira... (brincadeira essa última) Não sei mesmo... Talvez seja por causa do cigarro... Talvez sejam os piercings ou as tatuagens... Talvez seja a religião ou o time de futebol... Talvez seja porque eu sou tão... Eu.
Bom, talvez... E só talvez. Há quem diga que é bom ser eu... Eu não concordo... Só porque eu estou sempre com um sorriso no rosto, eu tenho sentimentos ruins como qualquer humano... Só porque eu dou risada de tudo, não significa que eu seja retardada. Eu sei bem, tenho foco e determinação. Vou vencer, isso é certo... "Choose Life. Choose a job. Choose a career. Choose a family. Choose a fucking big television..." Eu, diferente do protagonista no início do filme, escolhi viver... Ainda não escolhi uma profissão... E no amor... Sou uma paspalha com grandes perdas e pouca coisa em que se agarrar.

"De boa, assim... Foda-se!"

Como disse meu amigo citado acima...
"nossa.....a história está se tornando cada vez maior....rss....ah chega nele no famoso "OU JÁ É ou JÁ ERA!!!!""


Pois é... JÁ ERA...!

Um comentário:

Inhumi disse...

Não seja como o Mark, ele era um fudido que vivia se picando!
Eu não quero que você fique mal...
Fique bem!
Seja você, que assim você encontrará quem goste de você assim, do jeitinho que você é...pena eu ser mulher! E gostar de homens XD
Isso você já sabe...E está cansada de saber!

E não pense em encontrar alguem como substituto, pois isso é não só enganar a pessoa, mas como enganar a si mesma! ficadica

Beijos amora!
Te amo!